Desconstruir o moderno!

Meus queridos bom dia “cumé?” toda a gente sobreviveu à Segunda-feira? Pronto fico feliz, agora é sempre a andar, voltam depressa os velhos hábitos, verdade! Só não baixem a guarda, meu povo, infelizmente precisamos de atenção, mas temos que dar a volta à coisa! 

Bom o post de hoje como já perceberam pelo titulo pretende chamar a vossa atenção para esta tendência cada vez mais forte de uma termos em nossa casa uma decoração cada vez mais orgânica! Se conseguirem retirar a conotação negativa à definição de  rústica ou tosca então é mais ou menos por aí! Já sei, sei estão a preguntar-se “mas então o que é que eu faço ao mobiliário moderno, que preenche toda a minha casa e toda a sua atmosfera?”  Pois a questão é mesmo essa! Se não gostam desta tendência, assunto arrumado! Mas se gostam e gostavam de facto de a implementar em casa, como é que o podem fazer?! Desconstruindo acessorizando! Não quero que vão a correr comprar mobiliário novo, sofás, etc…calma “sogaditos” até porque isto das modas para a casa, também são fugazes! Podem no entanto incluir um outro item, que desconstroi o inox, o dourado. Pensem num pote redondinho, numa floreira em pedra tosca, num candeeiro em terracota, numa bowl de madeira lavada em cima da mesa de jantar, estão a ver né?? Criar assimetrias, criar pequenos cantos em casa, incluindo esta tendência, esse é o melhor caminho, até porque meus queridos, é tacteando aqui e ali que vocês conseguem uma mistura fina, não sei se me faço entender?!

O que é vocês acham disto? Gostam, não gostam, gostam assim assim ou não se sentem capazes de fazer estas mudanças? Eu gosto muito de ver estes elementos mais toscos a sobressaírem em decorações mais modernas, no entanto sei que para muitos, parecer assustador esta tarefa. Mas para os que se vão aventurar, boa sorte, gostava tanto de ver…

Meus queridos fiquem bem, boa terça, eu volto amanhã! 

Se gostou partilhe com os seus amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

Posts Destacados

Há papel de parede novo, no pedaço!

Meus queridos bom dia, pois é há papeis novos no pedaço! Sim já sei, vocês podem estar um pouquinho cansados de papeis de parede, mas a vossa amiga só vos traz coisas bonitas, nada de coisas berrantes, demasiado elaboradas, só textura e um bocadinho de padrão!

Não é que estou balançada!!!

Ora bem como todos sabem, não deve haver ninguém que goste tanto e aconselhe tanto cozinhas brancas como eu! Quando há 11 anos atrás idealizei a minha cozinha, da qual gosto muito até hoje, foi de branco que a vesti. Móveis brancos , lacados a alto brilho, bancada em pedra branca sillestone e detalhes de decoração em preto. Passamos muitooooooooo tempo na cozinha, pelo que aconselho sempre que a mesma seja em tons neutros. Mas vocês perguntam-me “Oh Angelita, se fosse hoje voltarias a fazer a tua cozinha em branco?”

Projeto Novo – Projeto de amigos!

Ora bem, vocês sabem que a nossa actividade é a decoração de interiores, mas eu adoro TUDO, o que se prenda com casas, arquitectura, materiais de construção, paisagismo, tudo! E procuro sempre desafios novos, porque isso me alimenta e motiva

Caso de Estudo: O open space da J.!

Ora antes do Natal, um bom bocado antes, a J. contactou-me para a ajudar na decoração da casa nova, que lhe oferecia algumas dúvidas, mais concretamente no que diz respeito ao layout da sala. Ora a sala da J. é um grande open space, que engloba, hall, sala de estar e cozinha. Até aqui tudo bem! Mas o grande problema da J. prendia-se com o facto de não existir muito espaço para uma zona de refeições, dizia ela e nas palavras da própria “fica tudo muito apertado”.