Tendência: Consolas com ferro!

Meus queridos, ora então muito bom dia, desculpem os indíces de produtividade deste blog andam em baixo, por isso as minhas desculpas, mas esta semana vai ser assim porque neste momento preciso de dar resposta a algumas solicitações que me têm chegado, mas não vos abandono prometo! Começo este post lançando uma pergunta: quem é que anda à procura de uma consola? Ok. E quem é que anda à procura de uma consola, com apontamento de ferro preto? Pronto, agora parece que a coisa enfraqueceu! Mas tudo bem, este blog também é das minorias, por isso hoje o tem são consolas com apontamentos de ferro preto! Bem sei que toda a gente deve ter uma consola com apontamentos de inox ou de latão dourado aí por casa, mas de certo há algumas pessoas que estão no momento a decorar a casa e querem uma outra solução, por isso pumbas, aqui está! À luz destas novas tendências para a casa, o ferro preto é um dos elementos mais usado no mobiliário de agora. E fica bem giro! Acho bonito, diferente e pode resultar muitíssimo bem, como apontamento, já sabem que a riqueza decorativa de uma casa também assenta na mistura de diferentes materiais, por isso juntando um bocadinho de ferro aqui, umbocadinho de pedra ali, um bocadinho de palhinha acoli, é o caminho para uma casa visualmente mais interessante. Ora espreitem lá as consolas que vos trago…

Não são tão giras? Ai gosto tanto, sobretudo com uma madeira lavada, ou com tampo de madeira escura! Acho-as giríssimas, num hall, numa sala, num corredor. Trazem riqueza e heterogeneidade a um ambiente e nós cá na loja temos estas belezas, sob encomenda.

Espero que gostem. Beijos e abraços meus queridos, eu volto amanhã!

Se gostou partilhe com os seus amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

This Post Has One Comment

  1. Boa Tarde Cara Ângela,
    Excelentes escolhas. As consolas são muito giras, prefiro aquelas que têm uma prateleira em baixo, ou totalmente “ocas”, porque podemos aproveitar o espaço com peças decorativas ou não, e/ou colocar banquetas por baixo (otimizando assim o espaço).
    Obrigada pela partilha!!!
    Beijinhos Algarvios
    🙂
    PS. Espero que o dia de ontem, tenha sido um dia de Aniversário muito Feliz, junto da família. Votos de muita Saúde e tudo de BOM! (Ontem lembrei-me de si várias vezes ao dia, mas depois deixei passar… sem lhe enviar uma mensagem). Muitos Parabéns (atrasados) minha querida!!!
    🙂 🙂 🙂

Deixe uma resposta

Posts Destacados

Há papel de parede novo, no pedaço!

Meus queridos bom dia, pois é há papeis novos no pedaço! Sim já sei, vocês podem estar um pouquinho cansados de papeis de parede, mas a vossa amiga só vos traz coisas bonitas, nada de coisas berrantes, demasiado elaboradas, só textura e um bocadinho de padrão!

Não é que estou balançada!!!

Ora bem como todos sabem, não deve haver ninguém que goste tanto e aconselhe tanto cozinhas brancas como eu! Quando há 11 anos atrás idealizei a minha cozinha, da qual gosto muito até hoje, foi de branco que a vesti. Móveis brancos , lacados a alto brilho, bancada em pedra branca sillestone e detalhes de decoração em preto. Passamos muitooooooooo tempo na cozinha, pelo que aconselho sempre que a mesma seja em tons neutros. Mas vocês perguntam-me “Oh Angelita, se fosse hoje voltarias a fazer a tua cozinha em branco?”

Projeto Novo – Projeto de amigos!

Ora bem, vocês sabem que a nossa actividade é a decoração de interiores, mas eu adoro TUDO, o que se prenda com casas, arquitectura, materiais de construção, paisagismo, tudo! E procuro sempre desafios novos, porque isso me alimenta e motiva

Caso de Estudo: O open space da J.!

Ora antes do Natal, um bom bocado antes, a J. contactou-me para a ajudar na decoração da casa nova, que lhe oferecia algumas dúvidas, mais concretamente no que diz respeito ao layout da sala. Ora a sala da J. é um grande open space, que engloba, hall, sala de estar e cozinha. Até aqui tudo bem! Mas o grande problema da J. prendia-se com o facto de não existir muito espaço para uma zona de refeições, dizia ela e nas palavras da própria “fica tudo muito apertado”.